A vida faz as perguntas. Nós buscamos as respostas.
Que todos os nossos esforços desafiem as impossibilidades.



4/03/2010

Os vários campos de atuação do Biomédico


O profissional formado em Biomedicina possui um vasto campo para explorar e fornecer seus conhecimentos adquiridos na vida acadêmica, atualmente são 33 campos protegidos por lei, mas o biomédico por ter uma formação tão ampla e especializada ao mesmo tempo, detém a capacidade de se desenvolver em qualquer área da saúde e mesmo se aventurar fora dela, mesmo sendo uma profissão tão pouco explorada, possui campo aberto para se desenvolver, e sem dúvida conquistar muitas outras áreas, dentre elas, destacamos a Genética e Reprodução Humana, tornando-se assim a tão falada "Profissão do Futuro". A seguir vemos um resumo da atuação do biomédico.

Análises Clínicas
Realizar exames de Análises Clínicas;
Assumir a responsabilidade técnica e firmar os respectivos laudos;
Assumir e executar o processamento de sangue, suas sorologias e exames pré-transfussionais;
Assumir chefias técnicas, assessorias e direção destas atividades;

Análises Ambientais
Realizar análises físico-químicas e microbiológicas para o saneamento do meio ambiente.

Indústrias
Atuar em indústrias químicas e biológicas na elaboração de soros, vacinas e reagentes.

Análises Bromatológicas
Realizar análises para aferição de qualidade dos alimentos.

Biologia Molecular
Realizar coleta de materiais, análise, interpretação, emissão e assinatura de laudos e de pareceres técnicos.

Genética
Participar de pesquisas em todas as áreas da genética, como coordenador ou membro da equipe;
Realizar exames de Citogenética Humana e Genética Humana Molecular (DNA), realizando as culturas, preparações citológicas e análises;
Assumir a responsabilidade técnica, elaborando e firmando os respectivos laudos e transmitindo os resultados dos exames laboratoriais a outros profissionais, como consultor, ou diretamente aos pacientes, como aconselhador genético.

Reprodução Humana
Atuar em Identificação e Classificação oocitária; Processamento Seminal; Espermograma; Criopreservação Seminal; Classificação embrionária; Criopreservação Embrionária; Biópsia Embrionária e Hatching;
Atuar em Embriologia. Realizar a manipulação de gametas (oócitos e espermatozóides) e pré-embriões.

Citologia Oncótica
Realizar colheita de material cérvico vaginal e leitura da respectiva lâmina, exceto a colheita de material através da técnica de Punção Biópsia Aspirativa por Agulha Fina (PAAF);
Realizar a leitura de citologia de raspados e aspirados de lesões e cavidades corpóreas, através da metodologia de Papanicolaou;
Atuar no setor de imunohistoquímica e imunocitoquímica, referente ao diagnóstico citológico;
Assumir responsabilidade técnica, firmando os respectivos laudos.

Banco de Sangue
Executar o processamento de sangue e suas sorologia;
Realizar exames pré e pós transfusionais;
Assumir chefias técnicas, assessorias e direção de unidades;
Manusear equipamentos de auto-transfusão;
O profissional legalmente habilitado nesta área poderá exercer todas as atividades inerentes a este campo, com exceção do ato transfusional. A responsabilidade técnica deve ficar a cargo de um médico especialista em Hemoterapia e / ou Hematologia.

Acupuntura
Realizar atendimento em consultório voltado à atividade e procedimentos de Acupuntura;
Aplicar o diagnóstico energético (complementar ao diagnóstico clínico nosológico);
Aplicar procedimentos técnicos para promoção do equilíbrio energético - orgânico;
E atividades ligadas à docência e pesquisa.

Imagenologia
Atuar em Tomografia computadorizada (TC), Ressonância Magnética (RM), Medicina nuclear (MN), Radioterapia (RT), ultra-sonografia (USG) e radiologia médica, excluída a interpretação de laudos. No que se refere à Tomografia Computadorizada e à Ressonância Magnética, as áreas mais significativas são:
Operação de equipamentos;
Desenvolvimento de protocolos de estudo e examinação;
Desenvolvimento de novas técnicas
Coordenação de grupos de colaboradores, administração e gestão de conteúdo e contingente dos setores.
Atuar em exame de ultra-sonografia. Por ser um exame praticamente médico dependente (o laudo será elaborado pelo executante do exame) tem poucos Biomédicos atuando neste seguimento quando comparado a TC e RM;
Atuar no campo da Informática Médica, exercendo atividades no produto final dos exames, seja o conteúdo de dados ou armazenamento das imagens adquiridas. Os sistemas HIS (Hospital Information System), RIS (Radiology Information System) e PACS (Picture Archiving in Communication System) estão sendo implantados nos centros de diagnósticos e necessitam de profissionais Biomédicos para atuar neste seguimento.

Coleta de materiais
Realizar toda e qualquer coleta de amostras biológicas para realização dos mais diversos exames, como também supervisionar os respectivos setores de coleta de materiais biológicos de qualquer estabelecimento que a isso se destine. Excetuam-se as biópsias, coleta de líquido, cefalorraquidiano (liquor) e punção para obtenção de líquidos cavitários em qualquer situação.

Campos de atuação: Patologia Clínica (Análises Clínicas); Biofísica; Parasitologia; Microbiologia; Imunologia; Hematologia; Bioquímica; Banco de Sangue; Virologia; Fisiologia; Fisiologia Geral; Fisiologia Humana; Saúde Pública; Radiologia; Imagenologia; Análises Bromatológicas; Microbiologia de Alimentos; Histologia Humana; Patologia; Citologia Oncótica; Análises Ambiental; Acupuntura; Genética; Embriologia; Reprodução Humana; Biologia Molecular; Farmacologia; Psicobiologia; Informática de Saúde; Anatomia Patológica; Toxicologia; Perfusão Extra Corpórea e Sanitarista.

** No exercício das atribuições acima indicadas, poderá o Biomédico assumir a responsabilidade técnica, quer de Laboratórios, quer de indústrias, firmando os respectivos laudos ou pareceres.
** Para a realização dessas atividades o biomédico deverá ter o reconhecimento de habilitação na área específica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário